Ex-governador de Pernambuco, Paulo Câmara, pode ser ministro do governo de Lula | Rede SPE

Paulo Câmara, pode integrar governo de Lula
Reprodução Internet
Por Anthony Lima, da Rede SPE, em Pernambuco.
O governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, ainda não formalizou oficialmente os nomes dos políticos que vão comandar os ministérios de seu governo a partir de 2023, mas segundo levantamento do analista da CNN Brasil, Gustavo Uribe, junto com assessores de Lula, a base aliada que ajudou o político a se eleger pela terceira vez como presidente, já indicam tendências para assumir as gestões de pastas de ministérios. Ao todo, 11 pastas serão cedidas pelo governo de Lula a seus aliados, com o objetivo de gerar governabilidade junto ao Congresso Nacional.

Um desses nomes que está sendo cogitado para assumir a pasta da Controladoria-Geral da União, é do ex-governador do estado de Pernambuco, Paulo Câmara, ele faz parte do partido do vice-presidente de Lula, Geraldo Alckmin, o PSB. Além de Paulo Câmara, Márcio França, do PSB de São Paulo, pode ficar com a pasta da Tecnologia.

Com as possíveis indicações para os ministérios de Lula, grandes críticas podem vir, justamente pela composição do governo ser menos técnica e mais política, o que pode não gerar tantos resultados e haver mais desavenças por parte da população justamente por ser ministérios políticos, formados com o objetivo de agradar a seus aliados.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem