Terceira via das eleições afunda em uma forte crise política

Por Anthony Lima, da Rede SPE, em Pernambuco.
Essa quinta-feira(31), é marcante para os rumos das eleições presidenciais de 2022, pois marca uma forte crise na terceira via, onde os nomes como Sérgio Moro, ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Operação Lava Jato, e João Dória, governador de São Paulo, podem desistir das suas candidaturas à Presidência da República.

A desistência dos candidatos gera uma enorme crise política, e deixa os eleitores que não querem votar em Lula e Bolsonaro, quase sem nomes para migrar seus votos. Caso seja concretizada a desistência de Moro e Dória, a terceira via fica totalmente enfraquecida, garantindo uma forte disputa apenas de Lula e Bolsonaro para a presidência.

Quais candidatos podem ter suas candidaturas canceladas?

João Dória - PSDB
O primeiro a ter sua candidatura abalada é João Dória, que ver sendo ventilado na mídia que sua candidatura à presidência pode ser cancelada. 

De acordo com informações publicadas pela CNN Brasil, João Dória, ainda tem o desejo de permanecer na disputa eleitoral para presidente, e a decisão da possível desistência do político, era vista por conta da falta de apoio por parte dos dirigentes do PSDB, que não estavam animados com o desempenho do candidato. Essa falta de apoio foi crucial para a forte crise política que atingiu em cheio o PSDB. Lembrando que o partido não vem se destacando nas últimas eleições presidenciais.

Sérgio Moro - União Brasil 
Sérgio Moro, o nome mais conhecido da terceira via e que possivelmente poderia crescer nas disputas eleitorais contra Lula e Bolsonaro, também faz parte desse derretimento da terceira via. Moro, vai deixar o Podemos para se filiar ao União Brasil, partido liderado por Luciano Bivar, que já mostrou ao ex-ministro, outras candidaturas para ele. Caso tudo avance conforme vem sendo planejado pelo União Brasil, Sérgio Moro, deixa a candidatura à presidência, podendo se candidatar a senador ou deputado federal, abrindo assim um enorme buraco na terceira via.

Com a possível saída dos dois candidatos, a terceira via deixa de existir, pois Sérgio Moro e Dória, eram os nomes mais fortes para representar esse percentual de pessoas que não desejam votar em Lula e Bolsonaro. 

Nos partidos políticos, vem sendo cogitado uma união de todos os nomes da terceira via em apoio a um único nome, esse possível nome pode ser o do governador do Rio Grande do Sul, pois seria o único nome forte no páreo político para herdar os votos de Sérgio Moro e João Dória.

O Governo Federal ficou feliz com a saída de Sérgio Moro da candidatura.

A desistência de Sérgio Moro, trouxe alegria para o Governo Federal, pois Sérgio Moro, conseguia tirar votos de Bolsonaro. Por conta dessa desistência, os votos de Moro voltam para Jair Bolsonaro, fazendo o Presidente ficar mais forte contra Lula.

Hoje foi um dia quente para as eleições de 2022, nos próximos dias vamos ver como vai ficar o páreo político sem um dos principais nomes da terceira via, e como será o desempenho dos principais nomes que permanecem nessa grande disputa para o governo do Brasil a partir de 2023.

Atualização

Na tarde desta quinta-feira(31), foi anunciado que Sérgio Moro, desistiu de sua candidatura à Presidência da República.

Já João Dória, que desde ontem via sua candidatura ser forte mente divulgada na mídia como a próxima a ser cancelada. Ele informou que vai continuar na disputa para presidente do Brasil. O anuncio foi feita através de um evento em São Paulo, que confirmou sua permanência na disputa.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem