Jornalista americano, Brent Renaud, é morto em troca de tiros em Kiev, na Ucrânia

Por Anthony Lima, da Rede SPE, em Pernambuco.
A polícia de Kiev, junto com o Jornal The Guardian, confirmaram hoje a morte de um jornalista americano que estava em Kiev, fazendo a cobertura do conflito entre Rússia e Ucrânia. Segundo informações da polícia local e do jornal The Guardian, Brent Renaud, e outro profissional de imprensa, estavam no local do conflito quando tropas russas chegaram a região e iniciaram uma troca de tiros, nesse momento as balas acabaram atingindo Brent Renaud, e seu companheiro de equipe. 

O jornalista morreu na hora, seu colega de serviço que ainda não foi identificado, também foi baleado e logo depois levado ao hospital.

Brent Renaud, estava portando um crachá do jornal americano The New York Times, essa identificação assim que foi vista rodou o mundo, com a informação que o jornalista estava a serviço do jornal, mas logo após a confirmação se sua morte o New York Times, veio a público em um comunicado e informou que o jornalista já trabalhou para o veículo há alguns anos, e em 2015 deixou o jornal. Ele não estava prestando serviços ao veículo, mas estava portando o crachá da empresa.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem