Familiares de paciente do Hospital do Tricentenário, denunciam erro em atendimento médico

Reprodução internet
Familiares de Kimberly Sofia, uma criança de 2 meses, denunciam erro em atendimento médico realizado no Hospital Tricentenário, em Olinda. Segundo informações dos parentes da criança, Kimberly Sofia, a criança deu entrada na Unidade Hospitalar há exatamente três dias, com quadro de infecção respiratória e pneumonia. 

Durante os três dias da criança no hospital, o quadro de Kimberly vem piorando com o decorrer do tempo, sendo ontem o mais agravante, os familiares informaram que a criança teve uma parada cardíaca durante a noite. Ainda de acordo com a família, uma médica da unidade informou que a criança desde o início do atendimento no Tricentenário, deveria ter recebido a ficha vermelha, atestando a gravidade da situação que a criança se encontra desde que entrou, por conta disso, Kimberly de dois meses, não recebeu o atendimento adequado e nem mesmo a vaga de UTI, que até o momento a família está esperando.

A alteração da ficha de acordo com a situação que Kimberly,  só veio acontecer na tarde desta quarta-feira, três dias depois de ter dado entrada na unidade, o que prolongou o sofrimento e a gravidade do quadro da criança.

Karina Andrade, Tia da criança foi quem repassou as informações para a Rede SPE, sobre a situação que ocorre no Tricentenário, informou que uma vaga de UTI foi encontrada em um hospital na cidade de Palmares, mas até o momento não tem nenhuma ambulância disponível para fazer o transporte adequado da criança até o local, também pelo fato da gravidade do quadro de Kimberly, que precisa de aparelhos. 

De acordo com os parentes, ainda não é certa a transferência da criança até Palmares, pois só veio até eles a informação de uma vaga no município, mas nenhuma atualização sobre quando será a transferência, nem sobre as ambulâncias disponíveis.

A maior revolta dos familiares é justamente pelo fato do erro na identificação da gravidade do quadro da criança, pois ela deveria ter dado entrada no Tricentenário, com a ficha vermelha, o que não teria prolongado tanto na espera de uma UTI para Kimberly, que até o momento permanece com o quadro de saúde piorando e sem previsão de transferência para uma unidade com UTI disponível.

No instagram de Karina Andrade (@karina_lim4), ela vem trazendo atualizações sobre o quadro de Kimberly, e a espera pela transferência da criança para um hospital adequado.

Por Anthony Lima, da Rede SPE, em Pernambuco.
24 de maio de 2023, às 19h50.
Postagem Anterior Próxima Postagem