Como ficam os 42 milhões de clientes da Oi após a venda de suas operações?

Por Anthony Lima, da Rede SPE, em Pernambuco.
O CADE (Conselho Administrativo Econômico) aprovou a venda da Operadora de Telefonia OI, para a Claro TIM e Vivo, com algumas restrições para não prejudicar a concorrência e os consumidores da empresa.

O Conselho chegou a uma conclusão sobre a venda da companhia, após o presidente Alexandre Cordeiro, dar o voto de minerva para desempatar o julgamento que liberava o repartimento dos bens e clientes da empresa para a TIM, VIVO e CLARO. Até o momento do voto do presidente, a sessão estava empatada em 3 a 3.

Foi definido que as empresas que ficaram com os repartimentos da OI, devem vender suas antenas de transmissão e equipamentos, além de alugar suas faixas de 900MHz, entre outros pontos.

Como ficam os clientes da OI?

A Oi tinha 42 milhões de clientes ativos, após a venda de suas operações, ficou decidido que as empresas de telefonia que vão ficar com suas operações absorvam uma parte de seus clientes, nisso a Claro receberá 11,7 milhões de clientes, a Vivo receberá 10,5 milhões e a Tim 14,5 milhões.

Por conta da venda da empresa, foi decidido que algumas regiões que tinham seus clientes OI, vão ter suas operações repassadas para a Claro, Vivo e Tim. Nisso os DDDs de cada região devem ficar com suas operadoras dessa forma:

A Claro ficou com 27 DDDs. São eles: 13, 14, 15, 17, 18, 27, 28, 31, 33, 34, 35, 37, 38, 43, 44, 45, 46, 47, 48, 49, 71, 74, 77, 79, 87, 91 e 92.

A Vivo ficou com 11 DDDs. São eles: 12, 41, 42, 81, 82, 83, 84, 85, 86, 88 e 98.

A TIM ficou com 29 DDDs. São eles: 11, 16, 19, 21, 22, 24, 32, 51, 53, 54, 55, 61, 62, 63, 64, 65, 66, 67, 68, 69, 73, 75, 89, 93, 94, 95, 96, 97 e 99.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem